Date Seven – Have a Nice Date (Review)

date seven

Estreiam-se com “Have a Nice Date” em um disco de pop punk à americana que nos remete para os tempos de colégio, hits de verão e muito fervor. Os Date Seven trazem-nos um pop-punk dos tempos de teenager regressando às origens de uma geração que não se deseja perdida.

Renato Godinho e Ricardo Martins já vinham do tempo dos Borderline Insane quando se uniram com João Sena e Ricardo Fernandes neste novo projeto que promete fazer tremer o pop-punk português. O quarteto influenciado por nomes do punk internacional como Blink 182, All Time Low, New Found Glory ou Simple Plan, lança assim o seu primeiro disco de estreia “Have a Nice Date” com direito a várias passagens pelas FNAC’s nacionais em formato showcase e uma atuação ao lado dos “We The Kings”, no Santiago Alquimista. Um disco de 10 faixas que não exclui o idioma de Camões nas últimas duas faixas cantadas em português.

“Be Yourself” dá início às hostilidades neste encontro musical. Um tema que conduz uma geração num retrato de identidade através de riffs frenéticos e os característicos power chords que o punk rock exige. O pop-punk é isto, um apelo a uma geração que nos leva entre um mosh, um salto ou até mesmo um grito em momento de pura insanidade.

O single deste agradável primeiro encontro tem o nome de “Rookie” e surge bem limpinho a abrir para mais um tema bem sólido da nova escola do pop-punk contemporâneo. Uma faixa bem cativante que rapidamente nos capta para uma visão de campo de férias e muita diversão. “Rookie” já tem videoclip disponível na página oficial da banda.

Com “Fatal Drop” temos uma visão de Zebrahead inserida num cenário mais pop. É bastante aprazível que ainda se trabalhe este registo que muito nos faz regressar no tempo onde sonhávamos tocar bateria com o Travis Barker, fazer crowdsurf ao som do “Sticks and Stones” dos New Found Glory ou sacar solos à Dave Brown.

“Super-herói” ecoa em português, assim como “Ficaste a Perder” no final deste disco de estreia. A primeira manifesta influências como os Angry Odd Kids onde o esforço da sua interpretação em português se reconhece, sendo a segunda a faixa mais pop de todo o disco.

Os Date Seven conseguem assim um ótimo início de carreira com este “Have a Nice Date”. Um disco sólido que deverá manter aquele espirito juvenil que todos precisam de recordar e viver.

Faixas favoritas: “Riot”; “Fatal Drop”; “Princess of a Fairytail”

– Ana Camilo

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s