Lululemon – Sinharaja (Review)

Capa Lululemon

Tudo se resume a quatro anos, três rapazes e três discos até à atualidade dos Lululemon e o seu mais recente trabalho editado pela Optimus Discos. Sinharaja insere um blues disperso num cenário étnico de uma banda sonora digna de um fantástico panorâmico ao bom estilo cinematográfico.

2009 marcava o início de um projeto que nascera por ser uma brincadeira para juntar uns trocos através de um concurso de bandas. Embora este ter acabado por não se realizar, a dupla de Tiago Sales e Pedro Ledo prolongava a diversão até “Thee Ol’Reliables” em 2010. Mais tarde a dupla passava a trio com a entrada de Luís Matos na guitarra barítono, dando lugar à atual formação dos Lululemon e a novas sonoridades inspiradas não só no blues como no funk e bossa nova. Surgia “Flying Fortress” em 2011, que colocava a banda em variados palcos nacionais, abrangendo uma vitória no Optimus Live Act, a qual lhes garantiu uma atuação no Festival Optimus Alive. Em 2013, é editado “Sinharaja” pela mão da Optimus Discos, proporcionando a atuação do passado dia 14 de Setembro no Optimus D’Bandada na cidade do Porto.

É ao som de um panorama melancólico que esta progressão entre “Yangmei” e “Kumquat” se envolve num cenário enigmático. Podemos chamar-lhe uma panóplia de sonoridades, as quais encaixam perfeitamente entre um momento extasiante da história e uma nova queda na melancolia, alterando o sentimento transmitido até à ocorrência da boa onda tropical de “Uricuru”. Esta vem em formato de três, onde a primeira transborda Bossa Nova, enquanto a segunda ingressa num modelo alternativo sugerido abertamente pelo surf que encontra o alternativo na terceira. E que estrondo de terceira que rapidamente conduz a viagem a todo o gás.

Acelera a rota até “Pitaya” que nos coloca diretamente num cenário delirante de ação entre o corre-corre de um refrão e outro. É puro agrado facultado por uma espontaneidade incrível.

Umas e outras raiam num ápice e “Guabiju” conclui esta alucinação musical que consta melodicamente com tonalidades Indianas no colapso de uma derradeira jornada.

Faixas favoritas: Kumquat; Pitaya, Uricuru III

Download gratis e legal em: www.optimusdiscos.pt

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s