Alcest no Hard Club: Reportagem

Alcest

Alcest

VÊ NO NOVO ENDEREÇO LIVE SHOWS PORTUGAL

A cidade Invicta recebeu pela segunda vez os Alcest, para matar uma saudade que se prolongava já há dois anos, com um dia de chuva agreste. Desta vez, com a tour do novo álbum Shelter, prometendo, de facto, um refúgio aos fãs que esperavam o concerto (trocadilho intencional).

Antes de mais, é de realçar a pontualidade dos concertos e que a sala, apesar de não estar esgotada, estava bem composta e pelos sorrisos acumulados à entrada e o bate-pé de nervosismo, maioritariamente (ou totalmente), pela percentagem feminina, o público estava mais que pronto para que as bandas materializassem uma noite esperada.

Começam os The Fauns, a banda britânica que tem acompanhado Alcest nesta tour. O seu shoegaze tratou de iniciar a noite, com competência, apesar da voz da vocalista, juntamente com a postura da mesma, estar um pouco escondida atrás do resto da banda, o que talvez tenha afectado a prestação do grupo. Pelo menos a comunicação com o público falhou, quando Alison Garner, inaudivelmente, tentava dirigir-se, com o que suponho terem sido palavras de gratidão. Não obstante, um bom aquecimento para o que se avizinhava.

Apenas 10 minutos depois, heis que surge a banda finlandesa Hexvessel, bastante aguardada por muitos presentes no público. Fomos remetidos para um mundo mágico onde só se sente o cheiro de terra molhada, após uma monstruosa mas bela noite de chuva e onde as montanhas cantam, mas neste caso a montanha tratava-se de Kvohst, membro fundador da banda Dødheimsgard. “Woods to Conjure” do último albúm No Holier Temple foi a música que marcou o concerto da banda de neo-folk psicadélico, assim como as poucas vozes do público que ecoavam a letra da música. Pode-se assumir que a banda não desiludiu os curiosos e surpreendeu os que esperavam o concerto desde o seu anúncio.

De seguida, o momento mais esperado da noite. Após todos os membros estarem prontos, entra por fim Neige, acabando com a ansiedade do público. Começa a sample de Wings a tocar, o acumular de tensões durante cerca de um minuto… quando o riff da Opale, primeiro single oficial deste novo álbum, se faz ouvir. Seguiram-se visitas aos álbuns antigos, como também às músicas novas, dando-nos a concluir que Shelter, apesar das óbvias mudanças na direção da banda, mesmo que esperadas por quem conhece o conceito da banda, é um álbum que resulta bem tanto ao vivo como em estúdio. Ao contrário do que podemos ver do ambiente introspectivo e pouco interactivo que Neige tem adotado durante estes últimos concertos através de alguns videos, esta actuação no Porto teve bastante dinâmica com o público. Algo que para quem concertos de Alcest não lhe são algo de estranho pode soar como uma surpresa. De realçar ainda a Percées de lumière, que matou o bichinho aos fãs do já distante black metal da banda. Finalizada a música Souvenirs d’un autre monde, um dos primeiros êxitos da banda e portanto muito acarinhada pelo público, a banda abandona o palco.

Pouco depois, voltam para o encore com a música Délivrance, tema que o próprio compositor classifica como a sua favorita do novo álbum, uma das melhores músicas e melodias da banda. Não que a minha opinião conte de muito, mas esta música é dos temas que abordam melhor a temática da banda, com o sentimento de nostalgia e esperança iminente em toda a música. Tudo o que Neige diz sobre a música, faz jus aos ultimos 10 minutos deste concerto. A sample final da música prolonga-se durante a saída da banda, já de luzes apagadas, como uma despedida lenta e dolorosa. Ainda agora acabou e a saudade já aperta com o poder emocional do tema. Fica por dizer um “Até à próxima!” pelo público, retraído e estático.

Este slideshow necessita de JavaScript.

– Fotografia: Joana Mendonça

– Texto: João Costa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s